Mensagens - Luis Retondaro

Esta página está reservada para meus ensaios, artigos, curiosidades e reflexões sobre temas diversos.
Índice: Parusia e missão

O aspecto pragmático da parusia em Mateus 24.3-14

e a sua influência no contexto da missão contemporânea.

Artigo apresentado em 2012. Abaixo segue uma breve introdução. Caso tenha interesse acesse aqui o conteúdo completo.

*
* *
*

“Ao romper do dia, todos os principais sacerdotes e anciãos do povo entraram em conselho contra Jesus, para o matarem;” (Mt 27.1)

Assim se evidencia o clímax de uma crise na comunidade mateana, nos dias do evangelho de Mateus. A partir desse contexto, o presente estudo realiza um ensaio introdutório sobre o foco e o caráter de urgência da missão cristã contemporânea. A fim de estabelecer um diálogo inicial, um paralelo é estabelecido entre a missão da igreja e a própria missão de Jesus Cristo frente à comunidade mateana.

Diante dessa temática inicial, o debate é conduzido ao campo da parusia, onde se busca influências de aspecto prático na missão. O texto que conduz a investigação do tema é o que destaca uma parte do chamado sermão profético, em Mateus 24.3-14. Ali se descortina um cenário de expectativa da igreja primitiva no estabelecimento do Reino de Deus vaticinado pelos profetas, bem como a relação com a própria esperança da igreja contemporânea.

O presente trabalho trata de uma proposta hermenêutica que serve como exercício teológico para a temática sugerida.

Na primeira seção, o diálogo acerca do reino de Deus cria o pano de fundo para o cenário do ministério de Jesus entre os discípulos e a natureza das suas ações na revelação do reino messiânico. Nesse módulo também se faz uma breve análise do texto em questão, gerando parâmetros para um aprofundamento do tema a respeito do conceito de missão e vida, tal como o alcance das palavras proféticas de Jesus.

A seguir, este artigo apresenta a dinâmica escatológica das palavras e ações de Jesus, frente à comunidade em conflito; levando em conta os eventos relacionados a Israel e à própria igreja cristã. O conflito na religião judaica, na política e a consequente tendência à rejeição do ministério de Jesus, agregam um valor às reações analisadas no aspecto missionário. Eventos como a Grande Tribulação e o Arrebatamento não são analisados de maneira exaustiva, por não serem o foco do estudo, mas são citados e embasados ao ponto de criar uma plataforma útil para a interpretação de uma nova cultura missionária iniciada em Jesus.

Por fim, este trabalho evoca o caráter de urgência da missão e a sua essência com foco no ser humano e sua vida restaurada. Nessa última análise, a influência da parusia observada no texto de Mateus, bem como o alcance de público, favorece a construção de um importante conceito: a missão vital da igreja. A partir daí, o estudo suscita o comprometimento da igreja com uma missão vital, motivada pela bendita esperança da parusia, independentemente de tempos ou eras.


Luis Retondaro
Última atualização: Qui 21 Jul 2016 12:44:12 BRT